Sada Cruzeiro vence Itambé Minas e chega ao oitavo título da Superliga masculina 1XBET

Publicado em: 30/04/2023 13:49
Sada Cruzeiro celebra o título da Superliga masculina 1XBET 22/23 (Créditos: Mauriício Val/FVImagens/CBV)

ENTREVISTAS EM VÍDEO

No clássico mineiro que definiu o campeão da Superliga masculina 1XBET, vitória do Sada Cruzeiro. Neste domingo (30.04), a equipe do técnico Filipe Ferraz superou o Itambé Minas por 3 sets a 0 (25/18, 25/19 e 25/20), na Farma Conde Arena, em São José dos Campos (SP), e conquistou seu oitavo título da competição. A partida marcou a despedida das quadras de dois medalhistas olímpicos: o levantador William Arjona, ouro no Rio 2016,  e Leandro Vissotto, prata em Londres 2012.  

O ponteiro Lopez, do Sada Cruzeiro, foi o maior pontuador da decisão, com 22 pontos (quatro de saque e 18 de ataque), e ainda foi eleito o melhor em quadra - levou o Troféu Viva Vôlei e uma bolsa de estudos da Unicesumar.

López, ponteiro do Sada Cruzeiro, MVP da Superliga masculina 1XBET e maior pontuador da final com 22 pontos: “Fizemos uma temporada incrível. Mantivemos a cabeça boa e superamos as dificuldades. Hoje coroamos esse esforço. Brigamos muito por este título. Parabéns para o time” 

Lucão, central do Sada Cruzeiro: “Este ano foi muito especial, a equipe se uniu desde o começo. Conseguimos jogar muito bem, conquistamos muita coisa e, no Mundial, ficamos com o terceiro lugar”. 

Filipe Ferraz, técnico do Sada Cruzeiro: “Fomos muito agressivos em quadra hoje. Nosso saque entrou pesado, e em nenhum momento deixamos o Minas respirar. Isso é mérito do time, que mostrou obediência tática e muita garra para conquistar mais um objetivo”. 

William Arjona, levantador do Itambé Minas, campeão olímpico com o Brasil no Rio 2016, que se despediu das quadras neste domingo: “O sentimento é de dever cumprido. Me sinto em paz, fiz tudo o que queria fazer e da melhor maneira. Vivi o vôlei intensamente e só tenho a agradecer a este esporte. A palavra é gratidão”. 

Leandro Vissotto, oposto do Itambé Minas, medalha de prata em Londres 2012 e campeão mundial em 2010, que neste domingo se despediu das quadras no dia de seu aniversário de 40 anos: “A sensação é incrível, é mais do que eu sonhei encerrar a carreira assim. Claro que se eu pudesse planejar, eu terminaria com uma vitória, mas foi maravilhoso viver isso tudo. É inesquecível”.   

Radamés Lattari, presidente em exercício da CBV: “Tivemos uma Superliga bastante equilibrada tecnicamente. Chegaram à final duas grandes equipes, e a final foi disputada em um ginásio de alto padrão. A CBV busca evolução constante para a Superliga, dentro e fora das quadras. Agradecemos a todos atletas, técnicos e integrantes das comissões técnicas que contribuíram para esta edição” 

Henrique Netto, diretor de Marketing e Novos Negócios da CBV: “Foi uma final que celebrou o sucesso desta edição da Superliga, com dois grandes times na decisão, uma festa linda. Esse ano foi muito importante com as novidades que a CBV implementou na competição. Identificamos a base de fãs do voleibol e ampliamos nosso relacionamento com eles. Lançamos o Cravada, nosso fantasy game, e o Canal Vôlei Brasil aumentou o número de transmissões. Estamos prestes a lançar no nosso e-commerce uma linha de produtos licenciados. O voleibol vai se estruturando cada vez mais e, com isso, as perspectivas paras as próximas competições são as melhores” 


GALERIA DE FOTOS 

SUPERLIGA MASCULINA 1XBET 22/23 

SELEÇÃO DO CAMPEONATO 

MVP – Lopez (Sada Cruzeiro)

Oposto – Franco (Vedacit Vôlei Guarulhos)
Levantador – Brasília (Farma Conde Vôlei SJC)
Ponteiros – Douglas Souza (Farma Conde Vôlei SJC) e Lopez (Sada Cruzeiro)
Centrais – Otávio (Sada Cruzeiro) e Judson (Suzano Vôlei)
Líbero – Maique (Itambé Minas)
Revelação – Oppenkoski (Sada Cruzeiro)
Melhor Técnico – Marcos Miranda (Suzano Vôlei)
Árbitro – Paulo Beal 

CLASSIFICAÇÃO FINAL 

1º Sada Cruzeiro
2º Itambé Minas
3º Farma Conde Vôlei SJC
4º Suzano Vôlei
5º Vedacit Vôlei Guarulhos
6º Vôlei Renata
7º Sesi-SP
8º Apan Eleva
9º Araguari Vôlei
10º Montes Claros América Vôlei
11º Brasília Vôlei
12º Rede Cuca Vôlei

FINAL 

Sada Cruzeiro (MG) 3x0 Itambé Minas (MG) - 25/18, 25/19 e 25/20 

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro 

Banco do Brasil

PATROCINADOR OFICIAL

Bet7k

COPATROCINADOR

Parceiros Oficiais